Artigos
Terça, 13 de Março de 2018 04h45
VAGNER LUCIANO DE ANDRADE: Educador-mobilizador, formado em Magistério pela Rede Pública Estadual de Educação de Minas Gerais (1997), técnico em guia de turismo regional/nacional com formação profissionalizante pelo SENAC-MG (2014) e bacharel/licenciado em Geografia e Análise Ambiental pelo UNIBH (2007). Histórico profissional e acadêmico voltado para a integração das metodologias de Ensino com as áreas de Ação Cultural, Inclusão Social, Meio Ambiente e Políticas Públicas, tendo atuado no suporte técnico-administrativo, incluindo planejamento, organização, execução, revisão e avaliação de diversas atividades integradas e projetos em vários municípios. Neste sentido, cursaram-se várias disciplinas isoladas nos cursos de Ciências Biológicas, Educação do Campo, Gestão Ambiental, História, Pedagogia e Turismo. Seu trabalho de pesquisa analisa paisagens culturais urbanas e paisagens culturais rurais na perspectiva teórica das relações interdisciplinares entre o ensino de Ecologia, Geografia e História. Têm interesse na área de educação ambiental e patrimônio biológico, especialmente em ecologia, monitoramento ambiental, meios de ensino em ciências e turismo sustentável; e interesse na área de historiografia e patrimônio cultural, especialmente em administração, orientação e supervisão, metodologias escolares em história, e museografia. Assessor, consultor e instrutor em turismo científico, turismo cultural, turismo de aventura, turismo de base comunitária, turismo ecológico, turismo educacional, turismo geológico, turismo rural. Escreve principalmente sobre os seguintes temas: agroecologia, cultura popular e folclore, direito ambiental, educação interdisciplinar, expansão urbana, movimentos sociais, promoção da cidadania, qualidade de vida, paisagens culturais, parques e unidades de conservação, patrimônio histórico, percepção/interpretação paisagística, potencialidades turísticas, religiosidades, sustentabilidade rural e transportes coletivos.



Ilegalidade da devastação ambiental associada à desumana escravidão no Brasil contemporâneo: breve discussão teórica a partir da Ecologia e do Direito Ambiental do Trabalho


Conforme a NBR 6023:2000 da Associacao Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), este texto cientifico publicado em periódico eletrônico deve ser citado da seguinte forma: ANDRADE, Vagner Luciano de. Ilegalidade da devastação ambiental associada à desumana escravidão no Brasil contemporâneo: breve discussão teórica a partir da Ecologia e do Direito Ambiental do Trabalho. Conteudo Juridico, Brasilia-DF: 13 mar. 2018. Disponivel em: <http://www.conteudojuridico.com.br/?artigos&ver=2.590439&seo=1>. Acesso em: 17 dez. 2018.

  • Versão para impressão
  • Envie por email
  • visualizações234 visualizações
  • topo da página


Artigos relacionados: