por: Eduardo Luiz Santos Cabette

ADPF 442 STF (legalização do aborto): quando o ativismo judicial chega ao cume da perversão militante

Comentários
Precisa estar logado para fazer comentários.